Epis

A Associação EPIS - Empresários Pela Inclusão Social foi criada, em 2006, por um grupo de mais de 100 empresários e gestores de Portugal, em resposta à convocatória que Sua Excelência o Presidente da República Professor Aníbal Cavaco Silva colocou à sociedade civil em 25 de Abril desse ano, tendo em vista um maior apoio do Estado nos desafios da inclusão social em Portugal.

A EPIS tem por missão a promoção da inclusão social em Portugal. Desde 2006, tem vindo a focar-se na capacitação de jovens necessitados para a realização do seu potencial ao longo da vida, através da Educação, da Formação e da Inserção Profissional.

A EPIS procura ter impacte relevante no terreno em todo o país e em grande escala, (1) apontando caminhos inovadores e testando boas práticas através de projetos-piloto realizados em parceria com entidades nacionais e locais, públicos e privados e (2) disseminando as metodologias testadas e com resultados quantitativos demonstrados, de modo a promover a sua disseminação e internalização nas comunidades de forma sustentável social e economicamente.

No momento que o nosso País vive presentemente, onde avulta a relevância das questões sociais e acima de tudo em que importa centrarmo-nos nas ações concretas que podem representar uma mais-valia para o nosso futuro coletivo, parece-me fundamental consolidar e reforçar o trabalho iniciado em 2006, com foco particular na área da Educação. A motivação, mobilização e empenho dos empresários e das empresas neste objetivo coletivo constitui um contributo fundamental para a construção de um futuro mais solidário e mais competitivo.

Este é um desafio da maior importância para Portugal, exigindo um alargado compromisso a todos os níveis. Neste quadro, o apoio à causa da EPIS já manifestado publicamente pelo Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, é uma das chaves para a prossecução com sucesso da missão de promoção da inclusão social da nossa Associação.

No dia-a-dia, a EPIS é gerida por uma pequena equipa profissional, cuja orientação estratégica é assegurada pela Direção, constituída por empresas Associadas da EPIS, por um Conselho Científico, constituído por reputados especialistas e investigadores, e por um Conselho Consultivo, constituído por dirigentes de empresas Associadas e outros parceiros com experiência relevante para a prossecução da sua missão.