Oferta Formativa

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO

Folhetonovo

Os Cursos de Educação e Formação (CEF) são uma oportunidade para poderes concluir a escolaridade obrigatória

, através de um percurso flexível e ajustado aos teus interesses, ou para poderes prosseguir estudos ou formação que te permita uma entrada qualificada no mundo do trabalho. Neste sentido, cada curso corresponde a uma etapa de educação/formação (desde o Tipo 1 ao Tipo 7) cujo acesso está relacionado com o nível de habilitação escolar e profissional que já alcançaste. No final de cada etapa obterás uma certificação escolar e profissional.


PARA QUEM:
Os CEF podem ser indicados para ti se te encontras nas seguintes condições:
- idade igual ou superior a 15 anos;
- habilitações escolares inferiores ao 2.º e 3.º ciclos ou ensino secundário ou o ensino secundário já concluído;
- ausência de certificação profissional ou interesse na obtenção de uma certificação profissional de nível superior à que já possuis.


QUAL O OBJETIVO:
Os CEF incentivam-te ao prosseguimento de estudos/formação e permitem que possas adquirir competências profissionais, através de soluções flexíveis, de acordo com os teus interesses e as necessidades do mercado de trabalho local.


O QUE SÃO:
Os CEF são percursos formativos organizados numa sequência de etapas de formação (desde o tipo 1 ao tipo 7), consoante as tuas habilitações de acesso e a duração das formações.
Independentemente da tipologia, todos os CEF integram quatro componentes de formação:
- Sociocultural;
- Científica;
- Tecnológica;
- Prática.
A matriz curricular dos cursos de Tipo 2 é a seguinte: 

 

PERCURSOS   DE FORMAÇÃO HABILITAÇÕES DE ACESSO   DURAÇÃO MÍNIMA (horas) CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E   PROFISSIONAL 
 Tipo 2*
 

Com o 6º ano de escolaridade, 7º ou frequência do 8º ano

Com capitalizações de 1/3 da totalidade das unidades que constituem o plano curricular do 3.º ciclo do ensino básico recorrente

2109

(Percurso com a duração de 2 anos)

 
 

3º ciclo do ensino básico e certificação profissional 

Nível 2 de qualificação do Q.N.Q.

 

* também podem aceder a este percurso os jovens com idade inferior a 15 anos,
mediante autorização da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares.

PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS/FORMAÇÃO:
A conclusão deste CEF permite-te o ingresso num dos cursos do nível secundário de educação:
- desde que cumpras o curso de formação complementar, caso queira continuar nesta modalidade de educação e formação;
- desde que realizes exames nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, caso optes por um curso da modalidade geral de educação.

PRÉ-INSCRIÇÃO 

IMG 5651IMG 5653IMG 5663IMG 5759
IMG 5795IMG 5789IMG 5768IMG 5800
 
JARDINAGEM

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO

O Jardineiro é o profissional que, de forma autónoma e tendo em conta as normas de segurança, higiene e protecção do ambiente, realiza a instalação e manutenção de jardins e espaços verdes, podendo participar na instalação das respectivas infra-estruturas, nomeadamente na preparação dos solos, das redes de drenagem e de rega, bem como dos caminhos, muros, sebes e relvados, utilizando as técnicas e os meios manuais e mecânicos apropriados.

 ACTIVIDADES PRINCIPAIS
- Realizar operações de manutenção de jardins e relvados;

- Preparar o terreno e colaborar, sob orientação, na instalação e conservação de infra-estruturas básicas e paisagísticas em jardins;
- Proceder à instalação de jardins e relvados, plantando/semeando espécies arbóreas, arbustivas e herbáceas.

 SAÍDAS PROFISSIONAIS
- Empresas de Jardinagem e Espaços Verdes;

- Câmaras Municipais;
- Constituição de empresas de manutenção de jardins.

ajrdinagem

TRATADOR / DESBASTADOR DE EQUINOS

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO
O/A Tratador/Desbastador de Equinos é o/a profissional que, no domínio das técnicas e procedimentos adequados e no respeito do bem estar animal e das normas de segurança alimentar, da saúde pública, de segurança, higiene e saúde no trabalho e de protecção do ambiente, organiza e executa as tarefas relativas maneio e desbaste de equinos.

 ACTIVIDADES PRINCIPAIS
- Preparar e distribuir os alimentos aos animais e proceder à higiene e ao tratamento diário dos equinos;

- Proceder à limpeza e conservação das instalações, dos arreios e de outros equipamentos e acessórios específicos;
- Participar nas operações relativas à sanidade dos equinos, efectuando as tarefas de vigilância do estado de saúde/doença dos equinos e aplicando as medidas profilácticas e tratamentos curativos simples sob a orientação do veterinário;
- Proceder às tarefas básicas de equitação e de desbaste de equinos.

 SAÍDAS PROFISSIONAIS
- Centro Hípico ou Coudelarias;

- Infra-estruturas de apoio ao turismo;
- Turismo Rural:
- Prestação de serviços a criadores e proprietários de cavalos.

IMG 2651

MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA

folheto1

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO
O/A Operador/a de Máquinas Agrícolas é o/a profissional que, no domínio das técnicas e procedimentos adequados e respeitando as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho e de protecção do ambiente, conduz, opera, regula e efectua a manutenção do tractor, máquinas e alfaias de utilização agrícola, com vista à instalação e manutenção de culturas, bem como à colheita e ao acondicionamento de produtos agrícolas.

ACTIVIDADES PRINCIPAIS
- Conduzir, manobrar e fazer a manutenção do tractor agrícola com atrelado e de equipamento de mobilização de solo.

- Proceder à operação, regulação e manutenção de máquinas e equipamentos agrícolas.

CURSOS PROFISSIONAIS


Os Cursos Profissionais são um dos percursos do nível secundário de educação, caracterizado por uma forte ligação com o mundo profissional.
Tendo em conta o teu perfil pessoal, a aprendizagem realizada nestes cursos valoriza o desenvolvimento de competências para o exercício de uma profissão, em articulação com o setor empresarial local.

PARA QUEM:
Os Cursos Profissionais podem ser o percurso mais indicado para ti se:

- concluíste o 9.º ano de escolaridade ou formação equivalente;
- procuras um ensino mais prático e voltado para o mundo do trabalho;
- não excluis a hipótese de, mais tarde, prosseguires estudos.

QUAL O OBJETIVO:
Os Cursos Profissionais são percursos que cumprem vários objectivos:
- contribuem para que desenvolvas competências pessoais e profissionais para o exercício de uma profissão;
- privilegiam as ofertas formativas que correspondem às necessidades de trabalho locais e regionais;
- preparam-te para acederes a formações pós-secundárias ou ao ensino superior, se for essa a tua vontade.

O QUE SÃO:
Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos, o que permite maior flexibilidade e respeito pelos teus ritmos de aprendizagem.

O plano de estudos inclui três componentes de formação:
- Sociocultural;
- Científica;
- Técnica.
A componente de formação Técnica inclui obrigatoriamente uma formação em contexto de trabalho.  

 COMPONENTES DE FORMAÇÃO DISCIPLINAS  TOTAL DE HORAS (a) / CICLO DE FORMAÇÃO
 Sociocultural  Português  320h
Língua Estrangeira I, II ou III (b) 220h
Área de Integração 220h
Tecnologias da Informação e Comunicação 100h
Educação Física 140h
 Científica  2 a 3 disciplinas (c)  500h
  Técnica 3 a 4 disciplinas (d) 1180h
Formação em Contexto de Trabalho (e) 420h
Carga horária total/ Curso
 3100h  

(a) Carga horária global não compartimentada pelos três anos do ciclo de formação, a gerir pela escola, no âmbito da sua autonomia pedagógica, acautelando o equilíbrio da carga horária anual de forma a otimizar a gestão global modular e a formação em contexto de trabalho.
(b) O aluno escolhe uma língua estrangeira. Se tiver estudado apenas uma língua estrangeira no ensino básico, iniciará obrigatoriamente uma segunda língua no ensino secundário.
(c) Disciplinas científicas de base a fixar em regulamentação própria, em função das qualificações profissionais a adquirir.
(d) Disciplinas de natureza tecnológica, técnica e prática estruturantes da qualificação profissional visada.
(e) A formação em contexto de trabalho visa a aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional a adquirir.

PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL:
Estes cursos culminam com a apresentação de um projeto, designado por Prova de Aptidão Profissional (PAP), no qual demonstrarás as competências e saberes que desenvolveste ao longo da formação.

QUAL A CERTIFICAÇÃO:
Após a conclusão, com aproveitamento, de um Curso Profissional obténs o ensino secundário e certificação profissional, conferindo o nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações.

PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS/FORMAÇÃO:
A conclusão de um Curso Profissional permite-te o prosseguimento de estudos/formação num Curso de Especialização Tecnológica ou o acesso ao ensino superior, mediante o cumprimento dos requisitos previstos no regulamento de acesso ao ensino superior.

PRÉ-INSCRIÇÃO NO CURSO PROFISSIONAL

TÉCNICO DE PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA

folheto

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO
O técnico de produção agrária é o profissional qualificado para constituir uma empresa agro-pecuária, coordenar, organizar e executar as actividades de uma exploração agrícola, assegurando a quantidade e qualidade da produção, a saúde e segurança no trabalho, a preservação do meio ambiente e a segurança alimentar dos consumidores.

AS ATIVIDADES FUNDAMENTAIS A DESEMPENHAR POR ESTE TÉCNICO SÃO:
- Planear e executar as operações das diversas actividades agrícolas;

- Orientar e participar nas tarefas de produção vegetal e animal;
- Realizar operações tecnológicas do sector agro-pecuário, no respeito pelas normas de segurança e saúde no trabalho;
- Organizar a comercialização dos diferentes produtos agrícolas, de acordo com as normas de qualidade em vigor;
- Utilizar os factores de produção, de modo a atingir os objectivos da empresa;
- Manusear correctamente máquinas e equipamentos agro-pecuários, respeitando as normas de segurança e saúde no trabalho;
Utilizar racionalmente os recursos naturais, tendo em conta o equilíbrio bioecológico.

VARIANTES:No terceiro ano do curso, de acordo com as opções da EPAQL e a autorização do Ministério da Educação, o aluno optará por uma das seguintes variantes:

- Variante de produção animal – programar e garantir a execução das tarefas inerentes à alimentação, higiene, sanidade e maneioreprodutivo das espécies pecuárias, assim como a obtenção de produtos de origem animal utilizando os meios técnicos, humanos e materiais necessários.

- Variante de produção vegetal - programar e garantir a execução das tarefas inerentes à instalação, colheita e acondicionamento/conservação dos produtos agrícolas em culturas hortícolas e arvenses, utilizando os meios técnicos, humanos e materiais necessários.

22217767 10212312816113243 1570610683 o

- Variante de transformação – aplicar conhecimentos fundamentais do processo produtivo (preparação e transformação de produtos agro-alimentares e respectivo embalamento) assim como de tecnologia específica do subsector agro-alimentar (princípios de funcionamento e de programação, conservação e manutenção, riscos e regras de segurança).

DURAÇÃO DO CURSO:
O curso tem a duração de 3 anos lectivos e 3100 horas de formação.

CONDIÇÕES DE ACESSO:
- 9º Ano de escolaridade.

CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL:
Curso do nível secundário de educação, com equivalência ao 12º ano de escolaridade e qualificação profissional de nível 3.

SAÍDAS PROFISSIONAIS:
O Técnico de Produção Agrária poderá, entre outras, desempenhar funções ao nível de:- Empresário agrícola (Jovem Agricultor);- Gestão de empresas agrícolas e afins;
- Associações agrícolas e afins;
- Organismos públicos (Zonas Agrárias, Autarquias, etc.);- Unidades Agro-industriais.

De acordo com o Decreto-lei n.º 173/2005 de 21 de Outubro, o técnico de Produção Agrária é reconhecido como operador ou aplicador de Produtos fitofarmacêuticos.

22095515 10212281128601075 884225257 o22095636 10212281131121138 1963107476 o22117913 10212281126161014 329130076 oIMG 20171012 150314IMG 20171012 150351

TÉCNICO DE RECURSOS FLORESTAIS E AMBIENTAIS

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO
O Técnico de Recursos Florestais e Ambientais é o profissional que intervém na construção e gestão de uma empresa florestal, no respeito pelas regras de segurança e de saúde no trabalho.

As atividades fundamentais a desempenhar por este técnico são:
- Coordenar uma equipa de trabalho;

- Intervir no domínio da actividade Florestal pela produção, valorização e comercialização de bens e serviços;
- Gerir a produção sustentada e a rentabilidade da floresta, pelo uso racional dos seus recursos;
- Conservar, proteger e valorizar os espaços florestais;
- Fomentar a utilização racional dos recursos naturais, tendo em conta o equilíbrio bioecológico;
- Sensibilizar as populações para o associativismo florestal melhorando o desempenho das estruturas organizativas locais;
- Proceder a acções de valorização e assistência técnica, promovendo o desenvolvimento regional e a melhoria das condições de vida, de acordo com as potencialidades e programas de desenvolvimento florestal.

DURAÇÃO DO CURSO:
O curso tem a duração de 3 anos lectivos e 3100 horas de formação.

CONDIÇÕES DE ACESSO:
- 9º Ano de escolaridade.

CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL:
Curso do nível secundário de educação, com equivalência ao 12º ano de escolaridade e qualificação profissional de nível 3.

SAÍDAS PROFISSIONAIS:
O Técnico de Recursos Florestais e Ambientais poderá, entre outras, desempenhar funções ao nível de:
- Empresas Florestais;
- Associações Florestais;
- Viveiros Florestais;
- Autarquias;
- Áreas Protegidas;
- Reservas de Caça.

De acordo com o Decreto-lei n.º 173/2005 de 21 de Outubro, o Técnico de Recursos Florestais e Ambientais é reconhecido como operador e como aplicador de Produtos fitofarmacêuticos.

5470 513397628710131 769515745 n21308 498103266906234 269188656 n69058 498102756906285 1084581372 n164252 498101760239718 399635073 n378275 498093236907237 1509642859 n532790 498101560239738 995205508 n547167 498093993573828 121612187 n922826 498090846907476 639057239 n960191 513397652043462 1962937213 nSAM 2849

TÉCNICO DE GESTÃO EQUINA

PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO
O Técnico de Gestão Equina é o profissional qualificado que, mercê de uma formação polivalente, integrada e pluridisciplinar, está apto a orientar, organizar e executar as tarefas necessárias à gestão das mais diversificadas estruturas equestres existentes no país. É um técnico com aptidão didática e conhecimentos suficientes para o ensino do cavalo e do cavaleiro em todas as vertentes.

AS ATIVIDADES FUNDAMENTAIS A DESEMPENHAR POR ESTE TÉCNICO SÃO:
- Executar a gestão técnica e pedagógica de centros hípicos e escolas de equitação;

- Conceber, programar e organizar provas equestres;
- Organizar e implementar o programa oficial de formação de praticantes da escola Nacional de Equitação (ENE);
- Utilizar os fatores de produção de modo a atingir os objetivos da empresa onde esteja integrado;
- Praticar as várias disciplinas equestres, com capacidade para preparar e utilizar cavalos em provas das referidas modalidades, com especial relevância para as disciplinas olímpicas;
- Gerir coudelarias e outras unidades de produção cavalar.

DURAÇÃO DO CURSO:
O curso tem a duração de 3 anos lectivos e 3100 horas de formação.

CONDIÇÕES DE ACESSO:
- 9º Ano de escolaridade.

CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL:
Curso do nível secundário de educação, com equivalência ao 12º ano de escolaridade e qualificação profissional de nível 4.

SAÍDAS PROFISSIONAIS:
O Técnico de Gestão Equina poderá, entre outras, desempenhar funções em:
- Centros Hípicos;
- Escolas de Equitação;
- Organização de eventos equestres;
- Gestão de empresas de produção de equinos;
- Possibilidade de certificação de monitor.

12107205 884629891586901 3752971676310816918 n13600027 1021966911186531 7026430888421169949 n13620812 1021967417853147 8381493785325228264 n14590509 1083828791667009 2865677325799322106 n21558887 1405029966213555 7687637361897976726 n

TÉCNICO DE GESTÃO AMBIENTAL E RURAL
PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO

O Técnico de Turismo Ambiental e Rural é o profissional que participa na aplicação de medidas de valorização do Turismo em Espaço Rural, executando serviços de receção em alojamento rural e de informação, organização e animação de eventos.

AS ATIVIDADES FUNDAMENTAIS A DESEMPENHAR POR ESTE TÉCNICO SÃO:
- Proceder ao levantamento de recursos e potencialidades turísticas locais e regionais;

- Colaborar na divulgação da oferta turística local e regional;
- Participar na divulgação do património gastronómico local e regional, contribuindo para o desenvolvimento de marcas e produtos da região;
- Proceder à promoção e animação de espaços naturais e zonas rurais;
- Participar na sensibilização e preservação ambientais e culturais, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das populações;
- Organizar e dinamizar a animação turística, nomeadamente com atividades de turismo de natureza cultural, entre outros;
- Colaborar na gestão e dinamização de empresas e unidade de turismo em espaço rural; preferências e orientando as suas escolhas.

DURAÇÃO DO CURSO:
O curso tem a duração de 3 anos lectivos e 3100 horas de formação.

CONDIÇÕES DE ACESSO:
- 9º Ano de escolaridade.

CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL:
Curso do nível secundário de educação, com equivalência ao 12º ano de escolaridade e qualificação profissional de nível 4.

SAÍDAS PROFISSIONAIS:
O Técnico de Turismo Ambiental e Rural poderá, entre outras, desempenhar funções em:
- Empresas de Turismo em Espaço Rural;
- Autarquias (departamentos de turismo, postos de turismo);
- Parques de campismo;
- Áreas Protegidas (Parques Naturais, Reservas);
- Pousadas da Juventude;
- Unidades Hoteleiras;
- Agências de Viagens;
- Empresas e Associações de Animação Cultural;
- Regiões de Turismo.

gar